quarta-feira, dezembro 07, 2016

O DOMINIO DO JUDICIÁRIO, SEGUNDO A BOCA DO POVO

Nas redes sociais o principal assunto tem sido a relação entre politica e o sistema judiciário.
O que dizem por aí?

"Nela (na foto onde aparecem Temer, Alckmin, Aécio Neves e o juiz Moro ), estão todas as deformações possíveis que resultaram do golpe parlamentar que derrubou uma presidenta eleita e jogou o País no lixo da História: o presidente ilegítimo, o juiz parcial, o senador patético, o governador bestial e o ministro sem sentido" (Leandro Fontes)


"A PEC 55 é um exemplo do que falo: não é preciso que ela preveja a morte de negros. Basta que ela seja aprovada, segundo as leis, pelo Congresso Nacional, e negros irão morrer, mesmo sem que um tiro precise ser dado. Morrerão nas filas dos hospitais, nas ruas, nas prisões" ( Silvio Almeida, presidente do Instituto Luiz Gama)

(...)Não consigo entender como é que o STF faz tudo que os partidos que dominam a Câmara e o Senado tipo PSDB e Dem, determinam, mesmo que seja absurdo. Isso quer dizer que o Congresso seria um poder superior ao Executivo e Judiciário? (...)" (Valter R. B)

"Carmen Lúcia não é o vampiro de Düsseldorf e nem é o vampiro do Ceará de Chico Anysio, Carmen é o vermelho não carmim, é a não luz de Lúcifer, ela é pior do que nós, jornalistas e policiais vigilantes, ela é mais raivosa do que todas as mulheres traídas por seus maridos, ela é a solteirona do mal, ela é a cara escrita e escarrada da Globo, que não é espelho, não se reflete, ela é o Narciso de Michel Temer(...)" (A.H)

"E o Gilmar Mendes, hein? Pirou de vez. Pulou no colo do Renan e quer cassar o Melo." (E.O)

"Serra prometeu entregar pré-sal à Shell e Chevron Rosângela Moro: advogada do PSDB e Shell S. Moro: juiz sem nenhum conflito de interesse" (OGP)

"(...) a presidente do STF, juíza Carmem Lúcia, colocou em votação na sessão de 03/11/2016 a ação judicial da Rede, que proíbe que autoridades que são réus no Supremo ocupem cargos que estão na linha de substituição da Presidência da República [presidentes da Câmara, do Senado e do STF. O julgamento está inconcluso devido ao juiz Dias Toffoli que, inspirado no colega-guru Gilmar Mendes, pediu vistas ao processo (Jefferson Miola)"

O que se percebe  é um tom cada vez mais irônico nas críticas a alguns profissionais do Judiciário, o que demonstra que o cidadão, nas mais diferentes áreas de atuação e condição social, não está acreditando mais na ética e na probidade.

Isso sem dúvida repercute em toda a sociedade e abre a perspectiva de um futuro incerto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é importante: comente, critique, coloque suas dúvidas ou indique assuntos que gostaria de ver comentados ou articulados em crônicas!Clique duas vezes na postagem para garantir o envio de seu comentário.

Arquivo do blog